“Carallius, o nome inefábel do Deus menino”.